Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

Um dia...

... eu vou conseguir jantar sem uma cena destas:

 

- Mãe, hoje na escola doeu-me muito a barriga.

- E foste à casa de banho?

- Não, não tive vontade.

- E porque é que estás a falar nisso agora: Estamos à mesa, a jantar, e quando se está à mesa não se fala de casa de banho, está bem?

- Sim, Mãe.

- Muito bem.

- Mas Mãe...

- Sim, Filho?

- Mas dói-me a barriga.

- Salvador, isso não te desculpa: tens que jantar. Depois vamos os dois resolver isso.

- Como?

- Janta que depois vamos à casinha.

- Mãe?

- Sim?

- Mas dói-me o rabo...

- Dói-te o rabo?

- Sim.

- Oh, Filho....

- TENHO CÓCÓ PA SAIR!!!!

- Oh Meu Deus, vamos lá à casa de banho!!

 

Pelo caminho:

- Mãe, e vais dar-me a mão?

- Salvador, vais à sanita, não vais ter um filho!!! - digo exasperada!

- Quê??

- Nada, dou-te a mão até à casa de banho, depois ficas na sanita.

 

Sanita com ele.

Estava eu já prestes a desmaiar, quando ele se sai com esta:

- Mãe, isto vai cheirar mal.

- Ainda pior?

- Porquê?, já cheira mal?

- Esquece. 

- Mãe, isto vai cheirar mal. Podes ir pá sala qu'eu quando tiver despachado chama-te.

- Então vou para a cozinha.

- Fazer?

- Jantar, que era o que estávamos a fazer.

- Depois eu chamo-te.

- Está bem.

 

Dez segundos depois, estava eu a tirar o garfo da boca após a primeira garfada e ouve-se:

- MÃÃÃÃÃÃEEEEEE!!

- Sim, Filho??

- JÁ ESTÁ!!!

 

Já nem consegui acabar de jantar....

 

Um dia eu vou conseguir jantar, sentada do principio ao fim, comer a refeição toda ainda quente.

Um dia eu vou conseguir fazê-lo sem me levantar quinhentas vezes, sendo que uma delas é sempre para fazer de dama de companhia na casa de banho... 

 

Um dia eu vou conseguir... Até lá, vou aproveitando a «dieta»! ;)

4 comentários

Comentar post