Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

Ser ou não ser... Eis a questão

A avaliação final do ano escolar 2013 /2014 do Salvador só nos foi entregue - por motivos que não interessam nada para este blog – na passada 2ª feira.

 

Sentei-me no sofá, depois de jantar, junto ao Salvador, a ler cuidadosa e detalhadamente a avaliação dos 7 professores / educadores de 8 das atividades dele (já tínhamos tido reunião com a terapeuta da fala…).

 

Eis quando me deparo com as observações da avaliação de Expressão / Educação Musical. Ponto a ponto , que é como quem diz, frase a frase:

 

  1. «O Salvador adora as aulas de música.» - Nada de novo para quem quer ser rockista;

 

  1. «Está sempre pronto a ajudar os colegas nas aulas.» - Felizmente que assim é e também não constitui grande novidade; 

    H.jpg

     

  1. «É uma criança muito responsável na sua função de “ajudante” do professor.» - Como foi que disse??? Responsável e ajudante, na mesma frase, e com respeito ao meu Filho????

 

  1. «Adora explorar os instrumentos tentando perceber como eles tocam.» - Que o digam os que ele já tentou desmontar… Mas sim, é muito curioso nesse sentido;

 

  1. «Adora canções com gestos.» - E, quando elas não os têm, saem à Mãe: inventa-os. Ficaram bem famosas as coreografias que eu e as minhas colegas de casa inventávamos no bar «Carocha»…. Ai, esperem, que isto não era para se dizer e muito menos aqui.

 

Em suma: não sabia que ele era responsável a ponto de ser ajudante de professor. Se andasse numa Universidade, seria um assistente.

Resolvi explorar.

 

- Oh, Pai – começo– Já leste o que o professor Daniel escreveu do Salvador?

- Não – responde o Pai – o que foi que ele disse?

 

Entretanto, o Salvador fingia – e mal – que não estava a seguir a conversa.

 

- Diz aqui que ele ajuda os amigos e que é o ajudante do professor…

- Filho, diz lá ao Pai e à Mãe:  é verdade?

- O quê? – Pergunta ele ao Pai, fingindo-se de desentendido…

- Que és o ajudante do professor de música?

- Não… - responde de forma displicente.

- Salvador – insisto eu – não como, se está aqui escrito?

- Ah é??

- Siimmm….

- Então, se calhar sou mesmo, se está aí escrito… É porque sou mesmo. 

 

Que modéstia, esta criança…

Salvador, o esteta

Ainda a propósito das profissões, acho que o Salvador poderia ser muitas outras coisas... Desde que ligadas à estética.

 

Como já vos contei, o Salvador repara em pormenores que não lembram ao Diabo.

E tem um ego do tamanho do mundo.

 

Ele tem um sentido - e uma opinião - estética sobre tudo.

 

Quando tinha 2 ou 3 anos, adorava escolher a cor do meu verniz. E ficava maluco com as cores de verão. E, como eu não sou de ligar muito, cheguei a andar, em tempo de férias, com as unhas das mãos de verde fluorescente e as dos pés de lilás. Dizia ele que ficava bonito com os meus biquinis...

 

É claro que no que toca à faceta de esteta do meu filho eu não sou exemplo, porque até com meio prato de sopa pela roupa abaixo, sou «linda, Mãe. Tu és mesmo linda»... Principalmente se foi ele que me encheu de sopa.

 

Volta e meia sai-se com uma: «esses sapatos não ficam aí bem»; «gosto muito mais quando vestes-te assim»...

 

Agora, como os meus vernizes não passam de várias variações de vermelho - que já tenho idade para ter juízo - não liga tanto às cores, mas ao estado das mesmas. Ontem estava ao meu lado e deu-me a mão. De repente...

 

- Oh Mãe, tu andas com a mão assim?

 

Olhei para a mão e não vi nada de especial.

 

- Assim como, Salvador?

- Com as unhas assim!!

- Caramba, Filho, assim como, diz lá!

- Assim, todas... Todas... Bom, só esta aqui, com um buraco no verniz!!!

 

Vi mais atentamente e sim, ele tinha razão: o meu polegar direito tem uma pequena mossa no verniz.

 

- Tens razão, mas a Mãe agora não pode tirar o verniz senão estraga as outras unhas todas.

- Eu faço: não é só esfregar com aquele líquido cheira mal num algodão?

- É... Mas não te quero a mexer nessas coisas!

- Então pinta por cima outra vez!!

 

Já disse ao Pai que, no que me diz respeito, desde que ele seja feliz, pode ser cabeleireiro, manicure, pedicure, personal stylist... Não me interessa.

O que é mais engraçado é que ele repara e opina no que me diz respeito mas se eu o mandar para a escola de pijama, não está nem aí. Até é capaz de ficar feliz....

 

E pensava eu que já lhe tinha passado....

Ele já quis ser tudo: Bombeiro, veterinário, rena do Pai Natal (sim, leram bem, Rena do Pai Natal!!!!).

 

Ele também já quis ser um vitelo e passou dois meses a chatear-me porque eu não queria ser uma vaca. O objectivo dele de vida, nesta mui nobre profissão de vitelo, era estar todo o dia ao sol nos pastos verdes....

 

Mas desde que viu os Moonspell no anúncio da Optimus que quer ser... Rockista.

Daqueles que têm «guitarras de picos» - guitarras eléctricas - e cantam muito.

 

Agora, com a guitarra a pilhas que era do primo - e que pouco mais dá que a melodia de «My Way» do Frank Sinatra, ele senta-se na varanda (ideia da Avó Lu, para não "partir" a cabeça a toda a gente) e toca guitarra.

 

Só visto - como eu agora mesmo estou a ver: sentado na cadeira, pernas cruzadas, a tocar guitarra, cabeça meia de lado, corpo a balançar, trauteando letras que inventa na hora...

 

Ele pode nem vir a ser rockista, afinal tem só 4 anos e meio, mas postura e imaginação para letrista não lhe falta.

 

Ontem era assim:

"Queria ir à piscina mas está a chover

A Mãe não quer eu a cantar na sala

Agora estou aqui para toda a gente me ver

A cantar na varanda..."

 

Não rima, mas... Ouvi-lo é demais!!!!