Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

Zelando pelo Avô

Ele é um verdadeiro invejoso.

Gosta pouco de partilhar, é o que é. 

Então se o objecto de partilha forem bolachas, ele vira fera.

 

Sempre que os Avós vêm para nossa casa, ele é avisado que eles não podem comer doces, seja o Avô Jorge seja o Avô Quim e, quer um quer outro, por motivos de saúde.

 

Os Avós paternos chegaram hoje. E a Avó Lu trouxe ao Salvador uma série de bolos e bolachas que ele adora e que nós raramente lhe compramos.

 

Esta tarde, ele já tinha comido Pão de Deus ao lanche até lhe apetecer. Mas assim que o Pai e a Avó viraram costas para irem às compras...

 

- Mãe, quero uma daquelas bolachinhas que a Avó Lu me trouxe, se faz favor.

- E não preferes acabar o Pão de Deus?

- Não, quero bolachas. Só uma.

 

Fomos ver o que tinha vindo e ele escolheu um dos pacotes, que são bolachas em forma de dinossauro, barradas a chocolate de um dos lados.

 

- Como vais ver televisão para a sala cor de rosa (nome que deu ao meu closet...), levas as bolachas numa taça e nada de migalhas, OK? - aviso-o franzindo o sobrolho.

- Shiuu, Mãe, fala baixo.

- Porquê? - pergunto eu já a sussurrar também.

- Porque eu vou ter de passar na sala...

- E então?

- E então que está lá o Avô Jorge; tenho que esconder as bolachas dele!!!

 

E não é que o sacana passou por detrás do Avô, de costas para ele, abraçado à taça com as bolachas e a piscar-me o olho?!!?!?

Não quero nem pensar se o Avô se atrevesse a pedir-lhe um dinossauro.... O amigo virava T-Rex, de certeza!!!

 

 

O que é teu é meu... SÓ MEU!!!

- Filho, chega-te para lá!

- Mas eu só 'tou a ver-te jogar no meu tablet!! - diz em tom de súplica.

- Eu sei, mas para eu jogar era preciso que eu conseguisse ver alguma coisa e tens a cabeça mesmo entre mim e o tablet...

 

Muda de posição e fica com a cabeça dele encostada à minha, a empurrar-me os óculos contra a cara de tal forma que sinto que, a qualquer momento, eu e os óculos passaremos a um único ser...

 

- Salvador, estás a magoar-me...

- Mas eu só 'tou encostado a ti!!! - refila ele, exasperado.

- Sim, mas a Mãe usa óculos e eles estão a ficar enterrados no meu nariz e na minha cabeça...

- Ai, num posso ver-te???

 

(estas tiradas à sopinha de massa são de aproveitar enquanto não ficam completamente corrigidas pela terapia da fala....)

 

- Se o conseguires fazer, sem me tapar a vista e sem me partires os óculos, é perfeito - digo em tom irónico, que ele reconhece imediatamente.

- Ah sim???

- Sim.

- Então não empresto-te mais o meu tablet!!!

- Não faz mal - respondo sem parar de jogar - compro um só para mim e depois não preciso do teu para nada.

- Tu num tens nheiro - retruca ele em tom de gozo.

 

(Sim, em casa o Pai é que tem dinheiro e compra tudo, o Pai é que cozinha maravilhosamente bem; A Mãe é aquela «mão-de-vaca» que diz sempre que ele tem muitos brinquedos, que cozinha "cenas esquisitas" e que só serve para brincar com ele.

Vá, e ser a melhor amiga e pessoa preferida do mundo... :) )

 

- Não tenho eu mas tem o Pai. Ele vai comprar um tablet só para mim, não te preocupes.

- Novo? - pergunta o Salvador.

- Sim. Novo e de uma cor para meninas, só meu!

- Hmpf - Grunhe ele...

- Humpf o quê?

- O Pai até pode comprar um tablet a ti, mas o que teu é meu, e se for novo é SÓ MEU!!!

 

De que caverna saiu este monstro?!?!?!?!?!?