Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

O Leitão

(Quem aterrar agora neste blog deve pensar que acabei de inaugurar a série «Como Um Animal»...)

 

Imaginem o "idílico" cenário de estarem no duche, hiper atrasados como sempre, e de repente, vindo do nada (do nada, não: do andar de baixo...), começarem a ouvir uns guinchos.

Isso mesmo: Guinchos.

 

É uma nova moda do Salvador: para quê falar e explicar o que se passa se é tão mais fácil guinchar ou grunhir que nem um leitão?!?!?

 

porco.jpg

 As birras / declaração de contestação e/ou contrariedades da vida são manifestadas assim:

  • Acabaram-se as bolachas? Para quê pedir mais??: Grunhe-se bem alto que alguém há-de aparecer para dar mais....
  • Estou a chorar e ninguém sabe porquê? Para quê explicar?: misturam-se uns guinchos com uns grunhidos, deixo de respirar até ficar com os lábios roxos e a pele rosada e eles vão-se passar...

Não só não nos passamos, como ficamos tranquilamente ao lado dele a tentar acalmá-lo.

Umas vezes resulta (demora o seu tempo, é certo, mas resulta) e outras o amigo passa de leitão a varrasco e aumenta o volume da coisa.

 

Tranquilidade, é isso que é preciso nestes momentos.

Um abafador nas orelhas ou uma palmada no rabo dele também não seriam piores, mas há que praticar a paciência...

2 comentários

Comentar post