Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

Não desejo a ninguém...

Sim, a separação esta manhã foi difícil: ele ficou a chorar, abraçado pela dona do colégio e eu... fiquei a chorar no ombro do porteiro. A vê-lo ao longe, a enxugar a lagrimita, de mão dada com a Tina e com o dinossauro preferido na outra mão.

Quis correr a pequena distância que nos separava e trazê-lo de volta!!! 

 

Dizem que a primeira vez que deixamos um filho, custa muito. Mentira: tudo depende da idade com que o filho está.

O Salvador ficou no colégio, pela primeira vez, aos 5 meses. Custou-me? Claro que sim. Mas aos 5 meses eles são uns patarequitos que nem sabem muito bem o que está a acontecer.

Custou-me um milhão e quinhentas mil vezes mais deixá-lo na nova escola agora aos 5 anos do que quando o deixei pela primeira vez na escola aos 5 meses.

 

Tanto ele como eu sabíamos que tudo ia passar, que ia chegar a M.I., amiga do colégio antigo, afinal estão na mesma sala. Mas foi muito mau. Saber que ele estava a sentir-se abandonado num sítio novo, com pessoas que não conhece de lado nenhum.

 

 

Fiz mal. Fui parva. Devia ter posto o meu filho à frente de tudo e de todos e ter esperado que a amiga chegasse.

Fui mesmo muito estúpida, pois até a mãe da M.I. me ter telefonado de manhã a dizer que ele ficou super animado quando a amiga chegou, e que a irmã da M.I. os tinha ido espreitar depois de almoço e que ambos estavam muito sorridentes, na sala, em roda com os outros meninos, estava capaz de me ir embora do emprego....

 

Conselho a todos os que ainda não deixaram o filho numa escola nova este ano: tirem a porcaria do dia de férias e fiquem com eles. Mesmo que as pessoas que mais sabem disto vos digam que é melhor não prolongarem a estadia para não prolongarem o sofrimento da separação, se sabem que está para chegar algum amigo que o vai fazer sentir-se mais seguro... FIQUEM!!!!

 

Não se queiram sentir uns estupores como me senti toda a manhã.... 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.