Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

Escola nova, medos novos....

Amanhã é o primeiro dia do Salvador na escola nova. Diz que sim, que tem que ser. Que depois vai entrar nas aulas dos grandes quando fizer 6 anos.

Mas depois de quase 2 meses e meio de férias, não estou com grandes expectativas a respeito de conseguir chegar ao emprego há hora do costume.

Ele parece estar bem e fala das coisas com uma grande naturalidade, mas a verdade é que esta manhã acordou primeiro que eu e queria que o ajudasse a escolher a roupa…

 

- Filho, hoje não vais comigo.

- Mas não és tu que levas-me à escola? – Protesta indignado.

- Sou. Mas não hoje. A escola só abre amanhã.

- Mas tu chegas noite e depois não levas-me à escola – continua ele a lamuriar-se.

- Mesmo que chegue à noite, só depois de dormirmos é que te levo à escola. Ainda falta hoje todo o dia.

- E se eu não tivesse levantado? Tu ias chamar-me para me levares à escola??

 

(São 07h15 da manhã, estamos na varanda e eu já estou a ficar com um nó no cérebro. Quase desejo que a escola já estivesse aberta só para lhe responder que o deixava lá no caminho para o emprego…)

 

- Não, não te ia chamar. Hoje é o teu último dia de férias por isso, deixava-te dormir até te apetecer.

- E depois como é que eu ia para a escola??- Pergunta desesperado…

- CRIATURA!!!! – digo-lhe já completamente atrofiada – Tu não vais para a escola agora!!!! Só amanhã!!!

 

E isto continuou por mais uns bons 5 minutos. No mínimo.

 

Desisti. Sentei-o no meu colo, dei-lhe muitos abracinhos e beijinhos e disse-lhe que não se preocupasse que ia tudo correr bem. Que a amiga M.I. ia lá estar para entrarem os dois juntos na escola nova.

 

Daqui a um bocadito vamos escolher a roupa que ele vai vestir e fazer a mochila para levar.

Até estou com medo….

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.