Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

Cear, pa-cear!

Estava a preparar-me para ir dormir quando ele entra.

 

- Mãe, tenho fome.

- Então tens que ir pedir à Avó que te dê qualquer coisa para comeres antes de ires dormir.

- Não posso.

- Não podes? Porquê?

- A Avó ontem disse-me que à noite não se lancha...

- Sim, porque à noite ceia-se.

- Qué disseste?

- Que à noite, ceia-se.

- Qué isso?

- Cear é o que comes antes de ir ir dormir.

- Como é que se chama este lanche?

- Ceia.

- O que é que tem lá dentro?

- Do quê?

- Da ceira!

- Não é ceira, é ceia.

- Qué disseste?

- Ceia. Cei-a. O lanche da noite chama-se ceia.

- Ah... E o que é que eu posso comer?

- Podes cear o que quiseres comer. Mas vais à sala pedir à Avó que a Mãe tem que ir dormir, está bem?

- Sim...

 

Chega à sala e fica à porta.

- Avó?

- Sim?

- Tenho fome.

- E o que é que queres?

- Cear... Pa-Cear!

- Queres ir passear onde a esta hora?

- Quero pa-cear, comer, na cozinha.

- Como?

 

Não resisti e fui à sala.

 

- Diz lá à Avó o que queres...

- Diz tu, Mãe, ela não percebe-me.

- Cear, diz à Avó que queres cear.

- Mãe, e não posso só comer um iogurte dos teus?

 

(Vou-me deitar mais tarde, mas tinha mesmo que partilhar.....)

 

 

 

4 comentários

Comentar post