Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

O meu filho dava um livro...

... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..

A odisseia do Ranhoso Homem Aranha

Foi um prodígio mas ele lá foi para o colégio mascarado de Homem Aranha.

Prodígio sim, porque arranjar forma de esconder meio metro de tecido a mais em cada perneira, numa pessoa como eu, é um milagre sem explicação.

 

E ele lá foi, «para o mais feliz dos dias de Carnaval de todos os carnavais»!!

(Isto dito por quem só se lembra do Carnaval do ano passado tem o seu je ne sais pas quoi que, ainda assim, me deixou a morrer de alegria)

 

Portanto, a ida não foi problema; a estória já é outra quando falamos no regresso...

 

Assim que entramos no carro, ainda eu não tinha fechado a porta...

- Mãe, tenho uma notícia pa te dar!!

- E com essa alegria toda deve ser mesmo importante!

- Impo'tante não, mas muuuuu'to fixe!

- Ah, sim, e qual é?

- Hoje não fomos às aulas!!! Foi só brincar!!!

 

(Às 2ªs feiras é dia de Inglês, música e terapia da fala... ele fala uma espécie de dssopinha de madssa com chuva de perdigotos à mistura, pelo que vamos tentando corrigir... Continuando!!!)

 

- Isso é que foi, hein!

- Pois foi!! Muito divertido, Mãe!! Até só fiquei uma vez de castigo!!

 

(Pronto, tinha que ser....)

 

- Ficaste de castigo? No dia de Carnaval em que só se brinca?

- Sim, foi o qu'ô disse.

- E pode-se saber como é que isso aconteceu?

- Pus se'pentinas na boca da Diana.

- Fizeste o quê? - pergunto eu, tentando imaginar a cena e qual o sermão que lhe iria dar a seguir.

- Se'pentinas, aquelas fitas de papel, sabes?

- Sei.... - Continuava sem conseguir imaginar a coisa...

- Pus se'pentinas na boca da Diana.

- Mas porque é que foste fazer isso?

- Num sei!!!

- Os outros meninos também andavam a fazer isso uns aos outros?

- Não, Mãe, qu'isparate!

- Então se é um 'isparate porque é que o fizeste? 

- Ela também pôs a mim!!!

- Mas antes de tu pores a ela?

- Não.

- E só tu é que ficaste de castigo?

- Sim.

- Mas o que é que te passou pela cabeça para fazeres uma coisa dessas???

- Passou eu pensar: «se calhar isto é divertido»...

- E achas que a Diana achou divertido?

- Não. E eu também não.

- Não porquê?

- Porque fiquei de castigo.

- Só por isso???

- E queres qu'eu diga mais o quê?

OK, esta deixei de retórica... já nem respondi.

 

Estávamos quase a chegar a casa e fui logo avisando:

- Salvador, é para sair rápido do carro porque a Mãe está aflitinha para fazer chichi e não podemos demorar!!!!

- Podemos sim: eu mando-te um super poder de Homem Aranha!

- Tu o quê?

- Mando-te um super poder de Homem Aranha!!!! 

- E em que é que isso me ajuda a não fazer aqui chichi???

- É uma super teia, tapa tudo!!! DAH!!!

Não quis nem imaginar a cena....

 

Depois de uma grande batalha para o levar para o banho, começa aos gritos quando o estava a vestir:

- O que é que se passa?

- TENHO RANHO!!!

- E então, não à lenços de papel nesta casa?? Vamos lá assoar!

- TENHO RANHO!!! - não parava ele de gritar.

- Mas qual é o problema???

- E agora sou que super herói: o Super Homem Aranha ou o Ranhoso Homem Aranha!!?!!?!? Sou quem!?!?!?

 

Não lhe respondi, mas pelo título acredito que já adivinharam para onde foi o meu voto....

8 comentários

Comentar post