Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Não desejo a ninguém...

Registado pela Mamã, em 01.09.15

Sim, a separação esta manhã foi difícil: ele ficou a chorar, abraçado pela dona do colégio e eu... fiquei a chorar no ombro do porteiro. A vê-lo ao longe, a enxugar a lagrimita, de mão dada com a Tina e com o dinossauro preferido na outra mão.

Quis correr a pequena distância que nos separava e trazê-lo de volta!!! 

 

Dizem que a primeira vez que deixamos um filho, custa muito. Mentira: tudo depende da idade com que o filho está.

O Salvador ficou no colégio, pela primeira vez, aos 5 meses. Custou-me? Claro que sim. Mas aos 5 meses eles são uns patarequitos que nem sabem muito bem o que está a acontecer.

Custou-me um milhão e quinhentas mil vezes mais deixá-lo na nova escola agora aos 5 anos do que quando o deixei pela primeira vez na escola aos 5 meses.

 

Tanto ele como eu sabíamos que tudo ia passar, que ia chegar a M.I., amiga do colégio antigo, afinal estão na mesma sala. Mas foi muito mau. Saber que ele estava a sentir-se abandonado num sítio novo, com pessoas que não conhece de lado nenhum.

 

 

Fiz mal. Fui parva. Devia ter posto o meu filho à frente de tudo e de todos e ter esperado que a amiga chegasse.

Fui mesmo muito estúpida, pois até a mãe da M.I. me ter telefonado de manhã a dizer que ele ficou super animado quando a amiga chegou, e que a irmã da M.I. os tinha ido espreitar depois de almoço e que ambos estavam muito sorridentes, na sala, em roda com os outros meninos, estava capaz de me ir embora do emprego....

 

Conselho a todos os que ainda não deixaram o filho numa escola nova este ano: tirem a porcaria do dia de férias e fiquem com eles. Mesmo que as pessoas que mais sabem disto vos digam que é melhor não prolongarem a estadia para não prolongarem o sofrimento da separação, se sabem que está para chegar algum amigo que o vai fazer sentir-se mais seguro... FIQUEM!!!!

 

Não se queiram sentir uns estupores como me senti toda a manhã.... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Halloween

Registado pela Mamã, em 14.11.14

Apesar de todos os meus medos, a verdade é que os miúdos vieram bater à porta e ele estava histericamente feliz!!!!

 

Foram duas horas de distribuir doces numa casa decorada a preceito, recebidos por um menino vestido a preceito, com doces e tudo... Comme il faut!

 

Senão, avaliem por vocês mesmos:

Noite de Halloween

 Eis o médico alucinado, numa entrada cheia de pormenores, que ele mesmo decorou.

 

Cesto de Halloween

 Eis o nosso cesto dos doces, por fora...

 

Doces de Halloween

 ... E por dentro. 

Gostam dos nossos pacotinhos em forma de mão? Foram o maior sucesso!!!!

 

E a noite dele também, e isso é o que importa.

Sim, para o ano há mais!!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estou mesmo triste....

Registado pela Mamã, em 26.09.14

Ontem o meu filho aprendeu a escrever as vogais.

Ontem. Na escola.

 

Ele só tem 4 anos e meio e eu sempre tive o sonho que seria eu a ensinar o A E I O U a um filho meu.

 

Por muitos elogios que a educadora lhe tenha tecido - e por muito orgulhosa que me sinta do meu pequenote - não consigo deixar de me sentir triste.

 

Mas PORQUÊ????

Porque é que temos de perder estes momentos dos nossos filhos?

Porque é que não me lembrei que a escola poderia adiantar-se???

 

Mas como prever que ainda na creche lhe começariam a ensinar já estas coisas!?!?!?

Sinto-me uma perfeita banana, por não me ter inteirado do programa educativo para este ano... Mas isso costuma acontecer sempre na reunião de Pais no início do ano, que ainda não aconteceu....

 

MAS PORQUE É QUE NÃO ME LEMBREI ANTES!?!?!?!?!

Que tristeza....

 

Com o tempo que passamos nos nossos empregos, parece que, em relação aos nossos filhos, chegamos sempre a eles.... ONTEM!

Não quero mais chegar atrasada....

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Guerra das Meias

Registado pela Mamã, em 06.07.14

Ele não percebe. E eu, se calhar, também não.

É algo irracional e incontrolável.

 

Não há chinelos do Faísca, Crocs da Lego ou ténis rotos que resistam: eu calço-o, ele descalça-se.

Apenas as meias resistem.

E, por isso, ele anda sempre de meias.

 

- Salvador, tira os pés do chão e calça as meias, por favor!!!! - grito eu.

- 'Tás à espera que eu vá a voar 'escar as meias!??!? - responde-me ele.

- Só não te quero de pés descalços, Filho... - suplico.

- 'Tou a ir, mas 'tás um cadito chata com esta coisa das meias, Mãe, eu p'eciso andar descalço para as ir 'escar!!!

 

Eu sei. Ele tem razão.

Mas ainda há duas semanas ele estava com pneumonia.

 

Ontem tinha umas ranhocas...

- São só uns ranhos, Mãe, gente limpa e já está!!! - diz-me ele...

 

Hoje já espirrou umas quantas vezes...

- Credo, Filho, temos que te ir vestir!!

- Mais??? Mas eu estou de pijama, não estou nu!!!

 

Eu sei disso.

Mas o que é que faço com o meu coração??

Com os meus sentidos em hiper-mega-alerta a ranhos e espirros?

 

 

Oh Deus, se ser Mãe é, a cada susto, ficar com mais radares, não tarda nada tenho que alugar a Serra da Arrábida para instalar os meus....

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


... e vários filmes!!! Num elenco de luxo, temos como protagonista Salvador, nascido a 28.04.2010, em cenários da vida quotidiana. Registado no nosso dia-a-dia, por isso aconselha-se alguma prudência quando imaginar as cenas descritas: são bem reais..



calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031


Episódios mais comentados



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Episódios Arquivados

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D